[Geografia] Brasil e a situação energética

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

1

[Geografia] Brasil e a situação energética

Mensagem por Coufinnette em Qua Out 04, 2017 5:24 pm



Video aula: https://descomplica.com.br/cursos/maratona-enem-2017/aulas/ao-vivo-brasil-e-a-situacao-energetica-18-04-2017-09h-15/

RESUMO
A energia, definida com a capacidade de produzir trabalho, pode ser dividida em duas principais atividades: energia para combustão e
energia elétrica. No brasil e em muitos países do mundo as principais fontes dessa energia são o petróleo e as hidrelétricas, respectivamente. Apesar do que o senso comum acredita, a fonte de energia mais utilizada no Brasil é o petróleo, para combustão, e não às hidrelétricas para a eletricidade. As soluções ambientais, nesse sentido, usualmente vêm relacionadas a matriz energética da eletricidade, como energia solar e eólica. Porém o petróleo continua sendo a principal matriz energética de uso no Brasil e no mundo. O crescimento do nosso país foi muito relacionado com a entrada da indústria automobilística, incentivando a construção de estradas e favorecendo setores empresariais como a Petrobrás. Esse período foi o automobilístico de JK, cenário preparado por Vargas. Foi na ditadura militar o momento mais importante de desenvolvimento do nosso potencial hidroelétrico. O Brasil se destaca também por apresentar uma alternativa a combustão do petróleo, satisfazendo a necessidade de combustível, com o etanol. Este é feito de biomassa e não de combustível fóssil como o petróleo que é não renovável e há um temor sobre seu esgotamento. O etanol, vem da cana, representa 15,7% da matriz energética do Brasil enquanto a Hidráulica fica em 11,5%. O desenvolvimento da tecnologia passa por criar motores que recebem algum tipo de produto, transformando-o em energia. O motor flex foi criado e funciona também com etanol. Apesar desse desenvolvimento o governo não incentiva o crescimento exagerado do etanol por alguns motivos. O país já sofre com o problema do desmatamento oriundo da plantação de soja e também da pecuária, que se dá de forma ampla como base produtiva do Brasil. Além disso, se houvesse investimento para produção do álcool por meio da cana, seria muito lucrativo para quem trabalha com a cana vender para o etanol ao invés de para o açúcar. Isso poderia também acarretar numa crise alimentar, já que, quando se tira um produto do mercado o preço dele sobe, de modo que todos os produtos que levam açúcar iam ficar mais caro. Até quem planta xuxu e amendoim poderia deixar de vender isso para plantar cana, diminuindo a produção de outros alimentos. Algumas empresas estão fazendo soluções encontradas para o problema da combustão são os carros elétricos que utilizam energia ao invés de combustível. O Brasil, contudo, aprovou uma lei em que 5% do combustível brasileiro precisa vir de biocombustível, ou seja, se você comprar combustível fóssil tipo petróleo tem que comprar uma parte de biocombustíveis, afim de regular esse crescente mercado.

Combustíveis fósseis no
Brasil


→ Petróleo – referência em pré sal e extração submarina

→ Carvão – o carvão brasileiro é pouco coqueificável,
isto é, não queima bem, produzindo pouca
energia. O Brasil compra 60% do carvão que utiliza.
Apesar da termelétrica ser de petróleo e de gás para
fazer eletricidade, além de energia ele é matéria prima
para diversos produtos, principalmente utilizado
na siderurgia.

→ Gás natural – dos fósseis é o menos poluente
e mais barato mas, para explorá-lo, é necessário
a construção de gasodutos que são obras complicadas
e cara, o que caracteriza o transporte deste
como difícil

→ Xisto – o xisto é uma rocha formada pela sedimentação
de matéria orgânica na natureza, dando
origem a rocha sedimentar com possibilidade de
extrair óleo ou gás dessa rocha. O produto químico
utilizado para fazer essa retirada pode contaminar
aquíferos. Ele é betuminoso, e os EUAs acharam a
maior reserva de xisto do mundo em seu território.
Este é muito poluente, por isso o Brasil, apesar de
ter, não investe nesse setor.

Situação energética no Brasil

→ Eólica - compõem 2% da fonte de energia do Brasil,
se concentrando no litoral nordestino e no Rio
Grande do Sul

→ Solar – representa menos de 0,008% da energia
do Brasil, sendo representativo em Santa Catarina,
e compondo um potencial de investimento em energia
renovável devido a alta taxa de potencial solar
em partes do território brasileiro

→ Hidrelétrica – compõe 65,2%. A referência
é Itaipu, a binacional Brasil e Paraguai. Belo Monte,
ainda em construção, promete superá-la como
maior usina brasileira, localizado na Amazônia Paraense
no Rio Madeira e Xingu

→ Nuclear - compõem 2,5% da energia do Brasil,
sendo representada por Angra I II e III. O principal
malefício ambiental se relaciona ao lixo e ao risco de
acidentes que geraram grandes impactos ambientais

→ Biomassa – compõem 7,3% da produção energé-
tica brasileira, tendo potencial de crescer



Página contendo 12 exercícios sobre este assunto aqui

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo